CPF - Identificação Civil Nacional pode adotar o número de inscrição no CPF



07/11/2017


O Comitê Gestor da Identificação Civil Nacional foi criado pela Lei nº 13.444/2017, tem por objetivo a identificação do brasileiro em suas relações com a sociedade e com os órgãos e entidades governamentais e privados e é formado por representantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dos Poderes Executivo e Legislativo federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 O Comitê Gestor da Identificação Civil Nacional recomendou, por meio da Resolução CGICN nº 2/2017, a adoção do número de inscrição do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como número público de Identificação Civil Nacional (ICN).

 A partir de uma forte integração entre os registros que compõem a base do CPF, gerida pela Secretaria da Receita Federal (RFB), com os registros da base de dados da ICN, gerida pelo TSE, cada número de CPF que identifica um cidadão estará vinculado aos respectivos dados biométricos dessa pessoa, o que garantirá a unicidade dos registros, bem como a identificação inequívoca do cidadão.

 (Resolução CGICN nº 2/2017 - DJe de 06.11.2017)

Fonte: Editorial IOB

 

 




eSocial - Divulgada Nota Orientativa nº 7, para ME e EPP não optantes pelo Simples Nacional
Dirf - Aprovado o leiaute do programa gerador da declaração relativa ao ano-calendário de 2018
Trabalhista - Prorrogada a vigência da medida provisória sobre recursos do FGTS que serão aplicados em entidades que participem de forma complementar ao SUS
eSocial - Iniciada a 2ª fase para empresas com faturamento até R$ 78 milhões
ICMS - Divulgado o PMPF para gasolina C, diesel, GLP, QAV, AEHC e gás natural


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação